31/03/2010

9 PERSONAGENS COADJUVANTES QUE SÃO MUITO MAIS BONITOS QUE O PROTAGONISTA DO FILME

DANTE (GILLIS MARINI) EM "SEX AND THE CITY - O FILME"
VS
CHRIS NOTH.

SASHA (JOHANN URB) EM "2012"
VS
JOHN CUSACK.

PAUL (ALEX MERAZ) EM "LUA NOVA"
VS
ROBERT PATTINSON E TAYLOR LAUTNER.

VIKTOR KRUM (STANISLAV LANEVSKI) EM "HARRY POTTER E O CÁLICE DE FOGO"
VS
DANIEL RADCLIFFE.

DREW BROWN (JAMIE FOXX) EM "ALI"
VS
WILL SMITH.

RILEY POOLE (JUSTIN BARTHA) EM "A LENDA DO TESOURO PERDIDO"
VS
NICOLAS CAGE.

MAJOR LENNOX (JOSH DUHAMEL) EM "TRANSFORMERS"
VS
SHIA LaBEOUF.

ROBERT BALBOA JR. (MILO VENTIMIGLIA) EM "ROCKY BALBOA"
VS
SILVESTER STALLONE.

RICHARD WHITE (JAMES MARSDEN) EM "SUPERMAN O RETORNO"
VS
BRANDON ROUTH.

O PROBLEMA COM OS FÃS DE LONGA DATA

Dar continuidade a uma franquia que começou há décadas ou fazer um remake de um filme de sucesso com mais de 20 anos (algo raro hoje em dia) pode ser uma tremenda dor de cabeça. Muitos filmes carregam uma quantidade absurda de fãs que cresce a cada ano. Fazer um filme que agrade às novas gerações e que ao mesmo tempo satisfaça os antigos fãs é complicado, porque eles vão ficar em cima, eles vão cobrar muita coisa, eles vão dar palpites, eles sabem o que querem ver nos cinemas.

UM NOVO INDIANA JONES
Tanto tempo preparando uma história, o cuidado de reunir ator, diretor , criador e até a incrível ideia de usar o mesmo iluminador dos filmes da década de 1980. Todo o time estava reunido, uma façanha e tanto, tudo isso para agradar os fãs de longa data. Mas com tantas relíquias mágicas espalhadas em tantas mitologias por aí, por que é que Indy foi atrás de seres de outra dimensão? nada a ver com o arqueólogo.
IDADE MÍNIMA DO FÃ MAIS VELHO: a partir dos 25 anos.



UM NOVO STAR WARS
Certo, é a origem de Darth Vader e não há nenhum outro personagem clássico no filme. Luke e Léia ainda não nasceram e Han Solo ainda é um pivete. Então o filme vai estar cheio de caras novas em uma época diferente. Mas é uma época antes das guerras clônicas, antes do Império. Embora toda a politicagem do filme seja necessária para a trama , e para o futuro, aquilo deixou muitos fãs com sono. Era um "guerra nas estrelas" sem nenhuma guerra? como dizia Obi Wan: eram tempos mais civilizados. George Lucas fez o que pôde para dar mais ação ao filme, mas no final das contas não foi por esse motivo que ele começou a saga pelo episódio 4? por causa da ação?
IDADE MÍNIMA DO FÃ MAIS VELHO: a partir dos 30 anos.



UM NOVO PSICOSE
Não , não era uma sequência, sequer pode-se chamar de remake. Simplesmente fizeram uma versão em cores do filme de 1960, praticamente usando os mesmos ângulos de cena, o mesmo timing, tudo! como se usassem o mesmo story board. Pode-se ver ambos os filmes, lado a lado, e notar que são iguais em tudo. Mudam os atores e entra a cor. A pergunta que fica é: pra quê fazer isso? qual foi a finalidade disso no fim das contas? acontece que ninguém aceitou a ideia desde o inicio e o filme fracassou quando ficou pronto.
IDADE MÍNIMA DO FÃ MAIS VELHO: a partir dos 45 anos.



O SENHOR DOS ANÉIS
Só mesmo os fãs de longa data deram pela falta de Tom Bombadil no filme, a trilogia de Peter Jackson deu à obra de Tolkien uma quantidade ainda maior de fãs. Muita gente foi atrás dos livros depois de ver os filmes. E a maioria dos fãs de longa data aprovou os filmes, quer dizer, podiam ser melhores, mas iriam durar horas ou podiam se tornar decalogias e muita gente não ia suportar assistir a tantos filmes assim.
IDADE MÍNIMA DO FÃ MAIS VELHO: a partir dos 50 anos.



ARQUIVO X O FILME
Quando o seriado de tv ganhou uma versão para os cinemas todo mundo sabia exatamente o que queria ver nas telas, todo mundo menos os produtores do filme. Que papo foi aquele de fazer um roteiro com folhas anti cópias? a droga do filme não revela mistério algum sobre a mitologia da serie de tv. A gente queria respostas, a gente queria ver Mulder e Scully nos finalmente e o filme foi apenas um episódio estendido, sem revelar nada de interessante. Engraçado estar dividindo esta lista com o 4º Indiana Jones, se você pegar Mulder e Scully e os colocar no lugar de Harrison Ford e de Shia LaBeouf naquele filme, você terá em mãos "arquivo X o filme", tal como os fãs gostariam que tivesse sido. De fato, o roteiro do 4º Indiana lembra bastante um livro baseado na serie 'arquivo X' chamado "ruínas".
IDADE MÍNIMA DO FÃ MAIS VELHO: a partir dos 12 anos.

CARREGANDO AGORA - POR FAVOR ESPERE

Você voltou 50 anos no passado e sua mochila de viajante do tempo está cheia de CDs, não há nenhum aparelho nessa época que possa reproduzir seus discos, existem vitrolas que tocam LPs e é só. Ontem notei que , embora esteja vivendo no presente, estou passando por situações parecidas. Eu coloquei o blu-ray de "lua nova" no meu player e tive dificuldades para ver o filme. Chegar ao menu do disco era complicado, selecionar "play movie" não levava a nada. Selecionei "seleção de cenas" e nada aconteceu. Repeti todo o processo e selecionei a ''cena 2'' e aí usei o botão de retroceder capitulos para ver o filme do inicio. Por que coisas assim acontecem? ainda me lembro dos primeiros games e filmes em disco, a gente ficava um bom tempo olhando a maldita tela do NOW LOADING.
Então existiam esses discos super carregados de informações e não haviam aparelhos no mercado com poder suficiente para reproduzir um deles com eficácia. Hoje os atuais players de DVDs reproduzem qualquer disco rapidinho. Mas a novela se repete com o blu-ray, os discos vieram do ano de 2015 e estão sendo reproduzidos em aparelhos de 2010, que muitas vezes tem dificuldade em ler um filme. Eu estou achando meu aparelho de blu um tanto quanto frágil demais, sabe, ele fica tempo demais parado, pensando no que fazer em seguida.
Como é que pode uma coisa dessas? criar uma mídia nova é assim tão fácil e criar um aparelho que possa reproduzí-la são outros quinhentos? as midias começam a mudar de formato quando os players começam , finalmente, a diminuir de tamanho e "aprendem" a fazer seu trabalho com mais agilidade. Ambos deveriam trabalhar juntos, mas vivem em épocas diferentes.

OS PIORES SPIN OFFs QUE JÁ FORAM FEITOS

A BATALHA DE RIDDICK (SPIN OFF DE "ECLIPSE MORTAL")
Parece que os produtores estavam apostando muito pouco no sucesso de ''eclipse mortal''. O filme foi redescoberto quando Vin Diesel ficou famoso após ''velozes e furiosos''. Então segue-se a lógica, trazer seu personagem de volta e desta vez num filme nada modesto. Foi feito um prequel cheio de efeitos especiais mas vazio de significado.

WOLVERINE (SPIN OFF DE "X-MEN")
Muitos fãs não estavam satisfeitos com o Wolverine do Canguru Jackman, ele teria a sua chance de se redimir em seu próprio filme solo, que , segundo diziam, iria respeitar a origem do personagem contada nas HQs. Acabou que a coisa se tornou uma salada de carcaju fazendo os filmes de heróis voltarem no tempo. Blob no elenco? péssima ideia, deixou um clima infantil no ar. Um Gambit "high school music" e um Deadpool que nem sequer abre a boca mostram que o filme é mesmo do ''Dentes de sabre''. Logan participa de cenas de ação tão fakes que só crianças ficariam de queixo caído.

A LENDA DE CHUN LI (SPIN OFF DE "STREET FIGHTER")
A primeira tentativa de se levar esse game aos cinemas é conhecida como ''um dos piores filmes já feitos'', e não é para menos, como é que eles queriam agradar aos fãs se mudaram tudo? digo, americanizaram tudo. Quem é que iria ver um filme onde um lutador japonês está no papel principal e o lutador americano é apenas seu parceiro? melhor mesmo é pegar um dos coadjuvantes, um militar americano, e fazer dele o personagem central. A lenda de Chun li não apenas muda o game mais uma vez como também traz um roteiro capenga e cenas de lutas que fariam Bud Spencer e Terrence Hill ficarem vermelhos.

A BATALHA DE ENDOR (SPIN OFF DE "STAR WARS")
Você pode não ser muito fã dos Ewoks, e muita gente não é, mas tem que reconhecer que ''caravana da coragem'' é um filme bem legal. Mas aí alguém teve a infeliz ideia de fazer uma continuação que sofre da maldição do número "2". Depois de passar por vários perigos o pobre garoto do primeiro filme finalmente consegue salvar seus pais, pega sua irmã e volta para a aldeia dos Ewoks. Logo nos primeiros minutos de ''a batalha por Endor'' o rapaz é morto! sua mãe e seu pai também são mortos! resta apenas a menina. Praticamente provou que a missão de resgate do filme anterior foi em vão, os atores de 'caravana da coragem' voltaram só para filmar a cena de suas mortes. George Lucas estava em seu período sombrio quando escreveu a história desse filme.

BRUCE E LLOYD FORA DE CONTROLE (SPIN OFF DE "AGENTE 86")
Agente 86 é um ótimo filme, mistura ação e comédia na dose certa. Mas o filme decepciona quando os inventores Bruce e Lloyd estão em cena, como se fossem um dupla cômica de filmes dos anos 1980 eles carregam as 'piadas' mais fracas e previsíveis do filme. E não é que resolveram dar justamente aos dois um filme próprio? Com piadas de segunda mão o filme é um festival de clichês.

ELEKTRA (SPIN OFF DE "O DEMOLIDOR")
A gente só queria poder esquecer dessa Elektra "branca de neve" de Jennifer Garner. A moça nos disse que o filme solo da heroína teria elementos de gibis famosos da ninja como "Elektra assassina". Ok, aquele gibi é incrível e isso quer dizer que Jenny fez o dever de casa certo? NÃO! a Branca de neve voltou! em um determinado momento do gibi Elektra atira uma flecha num cara que está num carrossel com a filha, nos primeiros minutos de filme ela se recusa a matar um cara por conta da filha dele que está ao lado. Um novo filme de Elektra é necessário, mas deixem Quentin Tarantino dirigir Michelle Rodriguez, ela é uma mulher macho de verdade. Mas vem cá, Elektra "latina"?

O ESCORPIÃO REI (SPIN OFF DE "O RETORNO DA MÚMIA")
De alguma forma alguém achou que a melhor coisa de "o retorno da múmia" era o escorpião rei de Dwayne Jonhson o "the rock" , que de ator não tem nada. Então ele ganhou seu próprio filme "massageador de egos" e ninguém caiu nessa. Sabe quando a gente sente que um filme vai ser ruim só de ouvir o anuncio do projeto? Podiam ter feito um prequel sobre a múmia de Arnold Vosloo, Imhotep, e sua maldição, embora já tenham contado quase toda sua história em flashbacks. De coração partido ele se joga no inferno, tudo o que fez foi por amor, não era um cara mal, seu personagem era o mais complexo da franquia.

MULHER GATO (SPIN OFF DE "BATMAN")
Milhares de dólares foram gastos para que gritassem aos 4 ventos que essa mulher gato não tinha nada a ver com o Bátima. Todo mundo tentava deixar isso bem claro: "é uma personagem nova", "uma outra origem", "seu nome nem sequer é Selina Kyle". Então tá, não é a mulher gato do bátima, mas que tal mudar o nome do filme? sem chances, ele começou a ser massacrado logo na primeira foto divulgada! uma foto de Halle Berry vestindo seu estranho uniforme.

30/03/2010

9 ANIMAÇÕES QUE NÃO VALE A PENA VER EM VERSÃO DUBLADA

Fato: o Brasil tem centenas de dubladores profissionais super competentes, eles fazem da dublagem brasileira a melhor do mundo, ganham muito pouco e às vezes acabam sendo pagos por 5 segundos enquanto atores , cantores e outras personalidades famosas são contratadas para dublar personagens principais em desenhos arruinando, na maioria das vezes, TUDO. Esse pessoal simplesmente não sabe passar emoções junto com a voz, a coisa fica robótica demais e aí resta a nós a opção do audio original e para as crianças pequenas um certo mal estar.


1- NEM QUE A VACA TUSSA
O desenho que fechou o departamento de animação da Disney pode não ser lá essas coisas mas merecia uma dublagem que o salvasse do fracasso completo. Fernanda Montenegro conseguiu entrar em sintonia com sua vaca, mas Cláudia Rodrigues e Isabela Garcia decepcionaram.

2- OS SEM FLORESTA
Nem tudo está perfeito na dublagem desse filme, há muitos dubladores profissionais agindo, mas alguém teve a brilhante ideia de colocar Preta Gil no elenco, pelo menos ela é uma personagem coadjuvante, a gente não tem que ouví-la abrir a boca o tempo todo.

3- OS SIMPSONS O FILME
É inacreditável, a gente espera por um filme dos Simpsons por 20 anos e aí o dublador Waldyr Sant'anna briga com o estúdio na pior hora possível. Era dele a melhor voz que Homer Simpson já teve. O dublador que tomou seu lugar no filme, e também na serie de tv, me força a ver o seriado em audio original, ele é irritante demais.

4- SHREK
Nem todo personagem gordo precisa ser necessariamente dublado por um homem gordo. Como ator Bussunda não fazia feio, mas como dublador pareceu ficar mais preocupado em cronometrar os diálogos corretamente do que passar alguma emoção em suas falas. Dubladores profissionais conseguem fazer as duas coisas ao mesmo tempo.

5- A ERA DO GELO 2
Mais uma vez a história do gordo personagem e da gorda dubladora, é pra gente rir disso? Cláudia Gimenez não é a única atriz de novelas na franquia 'a era do gelo' mas todo mundo já acertou a mão na dublagem logo de cara. Ela pode ter arruinado o segundo filme com sua voz mas aprendeu a lição e fez bonito no terceiro filme.

6- TARZAN
O filme está cheio de dubladores que eu adoro, principalmente a dubladora que faz a voz da Jane, ela é incrível. Mas foi nesse filme que surgiu a moda dos atores globais em participações especiais. Eduardo Moscovis não é apenas um dublador terrível, é um ator péssimo também, sua voz entrega cada virgula do roteiro. Quando o filme saiu em VHS eu comprei as duas cópias, a dublada e a legendada por causa dessa "participação especial".


7- DINOSSAURO
Sabe que Nair Bello não fez feio? e até Hebe Camargo caprichou, um pouco. Mas Fábio Assunção e Malu Mader estavam de fazer chorar. O problema é que o próprio filme também não ajuda em nada, só os pequenos gostaram. Bem, alguns deles, os mais burrinhos.

8- ROBÔS
Mais uma vez temos um time de profissionais juntamente com um ótimo filme que tem uma direção de arte de encher os olhos. Mas lá está o Reynaldo Gianecchini, no lugar de Ewan McGregor, deixando seu personagem robô mais robótico que um poste de luz, e ele é justamente o personagem principal. Sequer consegue dizer "quem deixou o portão aberto?" com naturalidade.

9- ASTERIX E OS VIKINGS
Meu herói gaulês favorito escolheu uma péssima hora para voltar aos cinemas numa nova animação. Vozes de caras que nunca ouvi falar antes (me parece que são de um programa de nome "pânico" que passa na tv aberta, não sei do que se trata) dublaram os personagens principais de um modo sofrível. É claro que a dublagem dos desenhos de Asterix costuma mudar com o passar do tempo, já mudou várias vezes mas desta vez foi insuportável de se assistir. O jeito é conferir o audio em francês já que não se pode confiar na dublagem norte americana também (já viu o que eles fazem com desenhos japoneses?). Rodrigo Scarpa, Welligton Muniz , Carlos Alberto e uma tal de Sabrina Sato, que parece estar olhando para uma parede enquanto lê seu texto, tornam a versão dublada extremamente proibida.

MINIATURAS DE STAR WARS ESTÃO DE VOLTA

Depois daqueles horríveis e mal pintados bonequinhos de chumbo, que também eram exageradamente caros, agora são as naves e veículos da saga de star wars que estão chegando nas bancas de jornais. Desta vez a coisa está muito bem feita, as naves estão vindo dentro de um cubo de plástico que as deixa com cara de ''item em exposição'' e acompanham um livrinho que mostra curiosidades sobre a nave, sobre os personagens e muito mais. O primeiro fascículo traz a X-WING e custa R$ 9,90, típica oferta de lançamento. No segundo fascículo você encontra a Millenium Falcon por R$ 24,99 e por fim, a partir da 3ª entrega (uma tie fighter) ,você irá pagar R$ 39,99 por cada nave em miniatura e isso nem sempre vai valer a pena, digo, quem é que tá interessado em comprar a "moto" do General Grievous em miniatura? ele nem sequer vem montado nela. Outras naves são simplórias e sem detalhes.

29/03/2010

GUERRA AO TERROR

O vencedor do oscar principal deste ano passou por um estranho caminho antes de receber as estatuetas. Foi feito em 2008, chegou aos cinemas norte americanos em 2009 e saiu diretamente em dvd no Brasil meses depois, recebeu varias indicações ao globo de ouro , o blu-ray começou a ser produzido e mais tarde recebeu indicações ao oscar, por conta disso foi parar nos cinemas brasileiros. Agora o blu-ray chega e uma nova leva de dvds também. Foi tipo "não sabíamos que o filme era tão bom assim". De fato ele foi filmado como se fosse um documentario, com uma camera de mão de 16 milímetros, algumas tremidas e closes.

GUY PEARCE. MINHA PARTICIPAÇÃO NO FILME SÓ VAI ATÉ AÍ.

Kathryn Bigelow se tornou a primeira mulher a ganhar o oscar de direção nesse filme cheio de suspense que acompanha os últimos dias de um esquadrão que desarma bombas no Iraque. E lá está a verdade nua e crua que não tem nada a ver com patriotismo e com o tal sonho americano, e isso em velocidade recorde uma vez que a palhaçada americana na guerra do Vietnã levou mais tempo para dar às caras nos cinemas. Guy Pearce e Ralph Finnes fazem pontas bem pequenas mas seus nomes estão no poster do filme e nas capas do blu e do dvd para não deixar espaços vazios na arte. O blu-ray traz na capa as indicações ao globo de ouro e um adesivo colado de última hora com as indicações ao oscar. Tanto o blu quanto o dvd estão sem extras, talvez seja melhor esperar por uma edição especial, afinal o filme foi o campeão do oscar deste ano e se tornou tão conhecido quanto os demais indicados.

LUA NOVA

Bem, você pode se decepcionar com o final da saga "crepúsculo" tanto quanto eu se não colocar uma coisa importante na cabeça. Os livros são romances, existem coisas como "feitos um para o outro'' e "finais super felizes". Mas os filmes por outro lado resolveram investir mais na aventura. O primeiro tentou ser uma versão cinematográfica de Smallville e apostou no romance em cenas de dar sono. Já o segundo filme, LUA NOVA, resolveu apostar mais na ação, o livro todo está lá, isso não se pode negar, pouca coisa ficou de fora, mas a história corre numa velocidade estranha (em determinados momentos comprometendo a trama) desacelera um pouco, segue embromando e depois finaliza na maior pressa tipo "o filme está no fim e ainda falta adaptar 150 páginas" (assim o final fica bem apertadinho e apressadinho), mas como acontece com Harry Potter o filme depende dos leitores para preencherem as lacunas mentalmente.

VAMPIROS LINDOS DE MORRER? SÓ MESMO NO LIVRO.

Agora que mais grana foi investida no filme os efeitos especiais estão reinando. Os lobisomens roubam a cena e R-patz está brilhando ao sol de um modo mais convincente. O filme aposta na ação e nos efeitos para atrair o público masculino enquanto atrai o feminino naturalmente, os homens com pouca roupa são um efeito colateral, mas o clima de novela continua presente. Eu amo lobisomens, muito mais do que vampiros, e estou esperando por uma senhora guerra sanguinolenta no próximo filme já que o cinema resolveu pegar mais pesado que os livros. ''Lua nova'' ainda é pouco ''Smallville'' e um pouco ''crepúsculo'' e em matéria de homens meio que deixa a desejar, adorei o lobisomem Paul e olha lá. Pelo menos está trazendo novidades à franquia, vamos ver onde isso vai nos levar agora. Apesar do sucesso o filme ganhou um blu-ray incrivelmente carente de extras.

2012

Quando o filme "o dia depois de amanhã" chegou aos cinemas o diretor Roland Emmerich disse que não havia feito nenhuma pesquisa cientifica ao escrever o roteiro, disse que não havia nada de real na trama, de fato, ele fez uma era glacial cair sobre a Terra em 3 dias. Um filme catástrofe de Emmerich com um bom roteiro seria pedir demais, por isso você deve desligar seu cérebro para curtir 2012. É claro que você pode até perceber que a trama lembra um pouco "guerra dos mundos" de Steven Spielberg mas o final é bem "contato" com Jodie Foster. Então você tenta deixar de lado coisas inúteis como os dramas vividos pelos personagens e o final "olha só gastamos bilhões construindo tudo isso baseados numa profecia antiga" e aproveite os efeitos especiais, porque o filme é apenas isso.

LOS ANGELES AFUNDA, MAS A DESTRUIÇÃO DO RIO DE JANEIRO FOI UMA DROGA, OS POSTERS ERAM MAIS LEGAIS.

Nem tente entender como é que uma tempestade solar deu inicio a uma reação em cadeia que começou a destruir o mundo, essas tempestades levam uns 8 minutos para chegar á Terra, tempo suficiente para se construir gigantescas arcas para salvar os ricaços do planeta. Mas é mesmo verdade que há um super vulcão em Yellowstone que pode entrar em erupção a qualquer momento e aí estaremos perdidos. Sem personagens carismáticos e sem explicações adicionais sobre qualquer coisa, o filme é para se ver em blu-ray na tela grande por conta dos efeitos. Apesar de ter feito um mega sucesso na China é difícil dizer se o filme é bom ou ruim na opinião do público em geral, seus efeitos especiais foram ignorados no oscar e seu roteiro ignorado no Framboesa de ouro. O blu-ray traz uma tonelada de extras e elogios exagerados na capinha. Há também um final alternativo (bobo) e cenas inéditas.

COMO TREINAR SEU DRAGÃO

Tenho certeza de que a Disney já se arrependeu de ter dispensado Chris Sanders. O cara que escreveu a história de animações como "a bela e a fera", "Aladdin" e "o rei leão", e também o roteiro de "Mulan" , e que ainda escreveu, dirigiu e desenhou os personagens de "Lilo & Stitch", teve um desentendimento com John Lasseter e deixou o estúdio. Agora, trabalhando na Dreamworks, ele traz a magia Disney de volta aos cinemas. Personagens legais, uma história sobre um pai e um filho que tentam se aproximar apesar das diferenças, um menino tentando se tornar um homem e uma trilha musical estilo "épico", afinal estamos falando de um filme com vikings, um coro masculino ao fundo é sempre bem vindo.

MOMENTO DISNEY, MAS SEM TAPETE MÁGICO.

Soluço é o filho do chefe de uma aldeia viking, ele tenta conseguir a aprovação do pai se tornando um caçador de dragões. Durante um dos inúmeros ataques de dragões á sua aldeia o garoto gênio derruba um dragão do ar com uma de suas invenções. Justamente o dragão mais temido pelos vikings, o Fúria da noite, tão veloz que ninguém sabe sua aparência. Soluço não tem coragem de matar o animal caído no chão e aos poucos eles vão se tornando amigos. O dragão, chamado por Soluço de "Banguela" é a cara do Stitch (dã, Chris Sanders lembra?) , ele se aproxima de Soluço aos poucos, sem pressa alguma o filme mostra o inicio dessa amizade com cenas que nem precisam de diálogos, o garoto e o dragão seguem conquistando a confiança um do outro. Tudo acaba mudando quando o pai de Soluço leva seu exercito até o ninho dos dragões para exterminar toda a raça, e o garoto sequer consegue uma oportunidade de explicar que tudo aquilo que os vikings sabem sobre dragões está errado. O clímax do filme é incrível, os efeitos 3D na média, a tela IMAX maravilha em cenas panorâmicas. Espero que essa animação seja lembrada no oscar do ano que vem.
Sobre o IMAX, os novos óculos são mais confortáveis mas o preço do ingresso subiu...

OS HOMENS QUE ENCARAVAM CABRAS

Quando o seriado E.R. se tornou um sucesso os atores do elenco principal começaram a ganhar um salário de 1 milhão, todos menos George Clooney. Ele quis continuar com o salário inicial (algo em torno de 130 a 150 mil) recusando o aumento. Depois de umas rapidinhas pelo cinemão ele começou a aparecer em filmes independentes e de baixo custo. Conseguiu até convencer outros atores, seus amigos, a reduzirem seus salários nesses filmes. E assim a gente chega a OS HOMENS QUE ENCARAVAM CABRAS. Além de Clooney o filme conta com Ewan McGregor e os oscarizados Kevin Spacey e Jeff Bridges. A proposta do filme é boa, mas tudo foi feito do modo errado.

CLOONEY: MATANDO A CABRA COM O OLHAR E TOCANDO NO LADO NEGRO.

Ewan (tá um gatão no filme) é um jornalista que vai ao Iraque dar uma de homem macho por causa da traição da esposa que agora ele quer impressionar. Ele acaba encontrando Clooney e aí começam os flashbacks. Clooney faz parte de um grupo de "guerreiros Jedi" criados por Jeff Bridges ,após ter tido uma epifania na guerra do Vietnã, para servir ao exercito americano. O grupo conta com pessoas que possuem poderes mentais e quando Spacey entra na turma ele trai a todos porque não gostou de ver que Clooney é o favorito do chefe. Agora Clooney atravessa o deserto com Ewan por conta de uma missão que recebeu de Bridges telepaticamente. O filme tem uma certa dose de humor que é microscópica, digo, as piadas estão lá, só que são bemmmmm fracas. Antes de seu final non sense há um pouquinho de drama. Basicamente o conceito do filme é legal, mas a coisa foi muito mal construída, entre os inúmeros flashbacks que podem cansar e os poderes especiais da turma que nunca vemos é melhor alugar o dvd um dia só para passar o tempo.

28/03/2010

GILBERT GRAPE - APRENDIZ DE SONHADOR

Lembra daquele Johnny Depp que não fazia outra coisa num filme além de aparecer em cena e ser bonito? esse é um daqueles Depps, está lá só para dar ao filme um sex appeal. Seu personagem, apesar de ser o principal, é bem robótico. Num momento você não sabe o que ele quer da vida, abandonar a família ou continuar sendo responsável por todos, para descobrir isso você depende dos diálogos pois Johnny nunca muda de expressão. Mas o restante do elenco salva o filme, principalmente Leo.

LEONARDO DiCAPRIO, ÚNICA DIVERSÃO NA VIDA É SUBIR NA CAIXA D'AGUA.

Faça papel de deficiente mental e o oscar notará você. Leo com 18 anos foi indicado pelo filme. Ele é o irmão mais novo de Gilbert (Depp) que se mata de trabalhar para ajudar sua família após a morte de seu pai, suas irmãs não ajudam muito (principalmente a mais nova) e ainda por cima há sua mãe obesa que vive reclusa em casa. Quando Juliette Lewis surge, de passagem pela pequena cidade, Gilbert dá de cara com uma oportunidade de abandonar a todos e começar uma vida nova. Típico filme para uma tarde chuvosa, não tem moral, não tem um propósito ou um ponto de chegada, a vida simplesmente vai seguindo e um final curioso te deixa sem saber o que pensar exatamente.